Ex-policial sérvio é condenado a sete anos de prisão

Uma funcionária da União Europeia (UE) disse hoje que um ex-policial sérvio, Vukmir Cvetkovic, foi condenado por crimes de guerra a uma sentença de sete anos de prisão. Cvetkovic foi condenado por ter expulso uma família de albaneses étnicos de casa no Kosovo, em março de 1999, e ter queimado a habitação.

AE, Agência Estado

10 de novembro de 2010 | 17h56

A expulsão e destruição do imóvel ocorreram alguns dias após forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) terem lançado seus bombardeios contra a Sérvia, com o objetivo de forçar os sérvios a suspenderem sua brutal onda de repressão contra os albaneses no Kosovo. A porta-voz da UE disse que o painel de dois juízes internacionais e de um juiz kosovar emitiu o veredicto e a sentença.

Cerca de 800 mil albaneses étnicos foram expulsos do Kosovo e tiveram que se refugiar temporariamente na Albânia e na Macedônia, no final de 1998 e em 1999, após os sérvios terem lançado uma campanha para expulsá-los da província. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UESérviaprisãoex-policial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.