Ex-prefeito de NY dá emprego a padre acusado de abuso

Um alto prelado da Igreja Católica de Long Island, afastado das funções eclesiásticas após ser acusado de abuso sexual, trabalha para a empresa do ex-prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, informou a imprensa nova-iorquina. Desde agosto do ano passado, monsenhor Alan Placa, um velho amigo de Giuliani, vem trabalhando para a Giuliani Partners, a firma de consultoria do ex-prefeito, três vezes por semana. Quando o jornal Newsday entrou em contato com o prelado na sexta-feira na sede da empresa, Placa alegou que estava ali só de passagem, disse o diário. Em seguida, a porta-voz de Giuliani, Sunny Mindel, confirmou a outros jornais que Placa realmente trabalhava na empresa."Ele é um consultor", indicou, dizendo que Placa é advogado, bilingüe (fala também francês) e tem experiência em negócios, por ter administrado a divisão de hospitais da diocese de Rockville Centre, que dá cobertura aos condados de Suffolk e Nassau, em Long Island. Mindel não revelou o salário de Placa. Em abril do ano passado, o bispo William Murphy, da diocese de Rockville Centre, destituiu Placa da comissão diocesana que investiga os casos de abuso sexual no clero, depois que várias famílias acusaram o prelado de usar seu papel de conselheiro sexual para conseguir informação das vítimas a fim de fortalecer a posição legal da Igreja. Em junho, o bispo Murphy colocou Placa em licença administrativa enquanto a Promotoria do condado de Nassau e a comissão diocesana investigavam as acusações de abuso feitas contra ele por um seminarista adolescente há cerca de 25 anos. Um dos acusadores, ex-seminarista no seminário de Saint Pius IX, de Uniondale, e que agora é administrador de bens de raiz em Albany, alega que Placa se deitou com ele várias vezes. Outro ex-estudante fez acusações similares. Placa também foi acusado de encobrir acusações de abuso sexual, mas nega todas as acusações. Giuliani, por sua vez, que é amigo de Placa desde a infância, disse que monsenhor teve uma vida exemplar. "Alan Placa é uma das melhores pessoas que conheço", disse o ex-prefeito. "Ajudou milhares de pessoas como sacerdote, como professor e como amigo", acrescentou. Em setembro passado, Placa recebeu uma permissão especial para oficiar os funerais da mãe de Giuliani.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.