Ex-premiê disputará presidência em 2012

O ex-primeiro-ministro da França Dominique de Villepin, que ganhou reconhecimento internacional como porta-voz do país contra a guerra no Iraque, anunciou no domingo que concorrerá à presidência do país como independente. A novidade deve complicar a vida tanto do candidato oposicionista do Partido Socialista, François Hollande, quanto do presidente Nicolas Sarkozy, membro da União por um Movimento Popular, que já teve Villepin como integrante. O centrista pode ganhar votos dos dois rivais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.