Ex-premiê é acusada de abuso de poder

A ex-primeira-ministra da Ucrânia Yulia Tymoshenko foi acusada formalmente ontem de abuso de poder. Ela é acusada de usar dinheiro público de modo ilegal. Este é o maior obstáculo legal já enfrentado pela carismática ex-líder da chamada Revolução Laranja, de 2004. Yulia disse que utilizou dinheiro, destinado pelo Orçamento para fins ambientais, para cobrir parte do déficit do sistema previdenciário do país. A ex-premiê foi proibida de deixar a capital, Kiev.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.