Ex-premiê interino da Tailândia é libertado

O ex-primeiro-ministro interino da Tailândia Niwattumrong Boonsongpaisan foi libertado nesta quinta-feira depois de permanecer uma semana detido após o golpe de 22 de maio, informou o exército do país.

AE, Agência Estado

29 Maio 2014 | 12h10

Niwattumrong foi levado para um local desconhecido depois que ele foi obrigado a se apresentar para os militares na sexta-feira passada. Ele foi libertado com outras 30 figuras políticas, incluindo o ex-ministro de Relações Exteriores Surapong Tovichakchaikul, de acordo com uma declaração do porta-voz do exército.

Os golpistas intimaram mais de 250 pessoas, a maioria deles políticos, acadêmicos, ativistas e jornalistas que se manifestaram contra a tomada de poder. Cerca de 160 pessoas que haviam sido detidas em locais não revelados, a maior parte em bases militares, já foram libertadas.

Os que foram libertados concordaram que eles não vão se pronunciar contra o regime ou incitar tumultos, havia informado o exército anteriormente.

Niwattumrong sucedeu a ex-premiê Yingluck Shinawatra, depois que ela foi removida do cargo por um tribunal tailandês no início de maio. Ela também havia sido presa e foi libertada no final de semana. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Tailândia Primeiro-Ministro Libertação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.