Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Ex-presidente chileno questiona patrimônio de Pinochet

O ex-presidente chileno Patricio Aylwincolocou em dúvida a honra do ex-ditador Pinochet por ter "rompido a tradição de austeridade" dos chefes de Estado do país durante seu extenso mandato de 16 anos e meio. Em entrevista concedida ao jornal La Tercera, Aylwin atenta para o fato de o general ter adquirido "demasiadas propriedades". Aylwin também criticou seu sucessor, o ex-presidente Eduardo Frei, por encerrar uma investigação sobre Augusto Pinochet Hiriart, filho mais velho do ex-ditador, por um obscuro negócio com o Exército pelo qual recebeu US$ 3 milhões. Aylwin e Frei são do Partido Democrata Cristão. Aylwin foipresidente chileno entre 1990 e 1994.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.