Ex-presidente chinês Jiang aparece após especulações

O ex-presidente da China Jiang Zemin fez hoje uma rara aparição em público em uma cerimônia em Pequim, meses depois de surgir a especulação de que ele morreu ou estaria perto de morrer. Jiang, de 85 anos, sentou-se ao lado de outros líderes do país no Grande Salão do Povo de Pequim, em um evento oficial para comemorar o centenário da revolução de 1911 que derrubou o comando imperial.

AE, Agência Estado

09 de outubro de 2011 | 09h03

Usando um terno azul escuro e gravata vermelha, Jiang ouviu os discursos com as mãos pousadas na mesa à sua frente. Seu cabelo estava penteado para trás, como é de costume, mas ele estava claramente mais magro e muitas vezes parecia estar cansado.

Jiang não compareceu a uma celebração do 90º aniversário da fundação do Partido Comunista em julho, o que provocou especulações na internet de que ele havia morrido. Os rumores foram abafados na China, mas bastante divulgados em Hong Kong.

Por anos, Jiang comandou o país através de mudanças após o movimento pró-democracia da Praça da Paz Celestial em 1989, até que transferiu o poder para o presidente Hu Jintao em 2002. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaJiang Zeminpresidenteaparição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.