Ex-presidente Chirac será julgado à revelia

A Justiça francesa autorizou ontem que o ex-presidente francês Jacques Chirac seja julgado à revelia por suposto desvio de fundos e abuso de poder. Chirac, de 78 anos, não compareceu ao julgamento, iniciado ontem, por motivos de saúde e pediu para ser representado por seus advogados no processo. Segundo a defesa, Chirac sofre de uma doença neurodegenerativa e tem problemas de memória.

, O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.