Ex-presidente do Irã pede visto para discursar nos EUA

O ex-presidente iraniano Mohammad Khatami solicitou nesta terça-feira um visto de entrada nos Estados Unidos para poder discursar em Washington em setembro. O Departamento de Estado informou não ter decidido se permitirá sua entrada. A solicitação do visto, para discursar na Catedral Nacional de Washington em 7 de setembro, surge em meio ao impasse diplomático entre o Irã e os EUA sobre o programa nuclear de Teerã, que as potências mundiais querem interromper. "Recebemos hoje um pedido de visto do ex-presidente iraniano", afirmou um porta-voz do Departamento de Estado que não quis se identificar.Indagado se Washington concederia o visto, ele respondeu: "Não especularemos sobre o desfecho de nenhuma solicitação de visto." Se recebê-lo, Khatami será o iraniano mais importante a visitar Washington desde o rompimento das relações entre os dois países, após a revolução islâmica de 1979 e a crise dos 52 americanos mantidos como reféns na embaixada dos EUA por 444 dias.A Catedral Nacional confirmou que Khatami, cujo governo reformista cedeu o poder em 2005 ao presidente Mahmud Ahmadinejad, foi convidado a discursar num evento organizado pelo Centro de Justiça e Reconciliação Global da catedral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.