EFE/Ernesto Arias
EFE/Ernesto Arias

Ex-presidente do Peru Alan Garcia depõe sobre o caso Odebrecht

Segundo o MP, o depoimento ocorre a pedido da defesa de Garcia, que disse pretender colaborar com as investigações e nega ter recebido propinas da empresa brasileira

O Estado de S.Paulo

01 Agosto 2017 | 12h23

LIMA - O ex-presidente do Peru Alan Garcia está depondo nesta terça-feira, 1, perante procuradores do Ministério Público do país sobre acusações de corrupção relacionadas à construção da Linha 1 do metrô de Lima - vinculadas as denúncias do caso Odebrecht no Peru. Garcia entrou na sede do MP, no centro histórico de Lima às 10h. 

"Não posso falar antes, falarei depois", limitou-se a dizer. 

Segundo o MP, o depoimento ocorre a pedido da defesa de Garcia, que disse pretender colaborar com as investigações e nega ter recebido propinas da empresa brasileira. 

A Odebrecht ainda não respondeu à solicitação da reportagem para comentar o caso.

A procuradoria peruana investiga propinas de US$ 29 milhões pagas pela Odebrecht nos mandatos de Alejandro Toledo, Alan Garcia e Ollanta Humala. Enquanto o último cumpre prisão preventiva, o primeiro tem contra si um mandado de prisão, mas está fora do país. / EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.