Reuters
Reuters

Ex-presidente israelense Shimon Peres é submetido a cirurgia de urgência

O líder, de 92 anos, sofreu um leve ataque cardíaco e foi submetido a um cateterismo; segundo seus médicos, ele passa bem

O Estado de S. Paulo

14 Janeiro 2016 | 15h28

JERUSALÉM - O ex-presidente israelense Shimon Peres, de 92 anos, foi internado nesta quinta-feira, 14, com urgência em um hospital, onde foi submetido a uma cirurgia após sofrer um leve ataque cardíaco. Peres foi levado no começo da manhã ao Centro Médico Cheeba Tel Hashomer, perto de Tel-Aviv, com dores no peito.

Segundo um comunicado de seu escritório, Peres "foi submetido a um cateterismo cardíaco, durante o qual foi diagnosticada uma artéria obstruída que foi ampliada com o procedimento". "O ex-presidente Peres está bem, plenamente consciente e sua condição é estável", acrescenta a nota.

O médico pessoal do ex-chefe de Estado, Rafael Veldem, declarou ao Canal 10 de televisão que ele sofreu um leve ataque cardíaco, mas "a situação está agora sob controle" já que "o coração está recebendo muito sangue".

Peres "esteve consciente todo o tempo e a única queixa que fez é sobre o fato de que não poderá seguir hoje com suas atividades previstas. Tinha planejado uma viagem ao vale de Surek (perto de Modiin, entre Tel-Aviv e Jerusalém) que teve de cancelar", acrescentou o médico. Também tinha previsto hoje participar da inauguração oficial do Terceiro Festival de Ladino, no Teatro Habima, em Tel-Aviv.

Presidente entre 2007 e 2014, Peres foi também duas vezes primeiro-ministro e outras duas primeiro-ministro interino, além de ocupar 12 vezes cargos ministeriais durante as mais de seis décadas que esteve ativo na política israelense.

Além disso, obteve em 1994 o prêmio Nobel da Paz após a assinatura dos Acordos de Oslo com os palestinos, que compartilhou com o ex-presidente palestino Yasser Arafat. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Israel Shimon Peres

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.