Ex-presidente italiano Scalfaro morre aos 93 anos

O ex-presidente da República italiana Oscar Luigi Scalfaro faleceu na noite de sábado para domingo em Roma aos 93 anos, anunciou a imprensa. Scalfaro, que nasceu no dia 9 de setembro de 1918 em Novara, norte da Itália e foi presidente da República de 1992 a 1999, ajudou a escrever a Constituição no pós-guerra. O ex-presidente também foi membro fundador dos Democratas Cristãos, que durante décadas foi o partido mais poderoso na Itália até passar por escândalos de corrupção no começo dos anos 1990.

AE - AP, Agência Estado

29 de janeiro de 2012 | 12h39

O presidente italiano Giorgio Napolitano, prestou homenagem ao colega ao dizer que ele "foi um protagonista da vida política democrática na Itália durante décadas, um exemplo de coerência entre ideais e integridade moral".

Oscar Luigi Scalfaro foi um dos poucos políticos na Itália a ocupar os três principais cargos do país: presidente da República, presidente do Senado e presidente da Câmara dos Deputados. Foi ministro do Interior nos anos 1980 durante os governos do socialista Bettino Craxi.

Em 1999, ao concluir seu mandato presidencial, passou a ser senador vitalício, como todos os ex-chefes de Estado italianos, pelo Partido Democrata (PD, esquerda).

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliaex-presidentemorteScalfaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.