Ex-presidente Suharto piora após sofrer hemorragia interna

Segundo hospital, os problemas respiratórios são por excesso de líquido nos pulmões

Efe

08 de janeiro de 2008 | 03h01

O estado de saúde do ex-ditador indonésio Suharto piorou nesta terça-feira, depois de ele sofrer uma hemorragia interna, informaram os médicos do Hospital Pertamina de Jacarta, onde o ex-governante está internado desde sexta-feira. Porta-vozes do hospital explicaram em entrevista coletiva que o paciente, de 86 anos, apresenta além disso um excesso de líquido nos pulmões e por isso sofre problemas respiratórios. A saúde de Suharto, internado com anemia e edemas, além de outros problemas como hipotensão, tinha melhorado na segunda-feira. Uma equipe de mais de 40 especialistas tinha estabilizado a sua pressão sanguínea e aumentado a taxa de hemoglobina em seu sangue. Suharto, que até o momento tem evitado ser levado a julgamento graças a seu exército particular de advogados e a seu estado de saúde, lidera as listas de dirigentes mais corruptos do Banco Mundial (BM) e da organização Transparência Internacional. Em setembro, a Corte Suprema da Indonésia condenou a revista americana "Time" a indenizar Suharto em US$ 106 milhões por causa de um artigo que acusou o ex-presidente e a sua família de enriquecer ilicitamente.

Tudo o que sabemos sobre:
Suhartohospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.