Ex-primeira-dama surpreendeu-se com caso de Hollande

A ex-primeira-dama da França, Valerie Trierweiler, disse que ela e o presidente François Hollande estavam afastados recentemente, mas que foi pega totalmente de surpresa pelo caso do presidente com a atriz Julie Gayet.

Agência Estado

30 de janeiro de 2014 | 13h37

Trierweiler concedeu entrevistas a duas publicações francesas, cujas edições saem nesta semana. Foi a primeira vez que ela falou sobre o fim de seu relacionamento com Hollande, no último final de semana.

Ela contou à revista semanal Paris-Match, para a qual trabalhou durante um longo período como jornalista, que não acreditava nos rumores sobre o caso até a publicação da revista de fofocas Closer, neste mês. "Quando eu descobri, foi como se eu tivesse caído de um arranha-céu", disse Trierweiler à publicação.

À revista Le Parisien, a ex-primeira-dama disse que trocou mensagens de texto com Hollande durante sua viagem à Índia, nesta semana, porque ele estava preocupado com sua saúde. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaHollandeTrierweilercaso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.