Ex-primeiro-ministro da Turquia morre aos 81 anos

O ex-primeiro-ministro turco Bulent Ecevit morreu, neste domingo, aos 81 anos, em um hospital militar de Ancara, onde passou vários meses internado em função de um derrame cerebral, informaram esta noite os meios de comunicação turcos. Bulent Ecevit foi hospitalizado em 18 de maio no centro militar Gatuna, onde foi operado após sofrer um derrame cerebral, de acordo com o centro hospitalar. O ex-primeiro-ministro turco foi internado com problemas de alta pressão sanguínea, após uma indisposição quando retornava para sua residência. Bulent Ecevit, do esquerdista Partido Republicano do Povo (PRP), ocupou o cargo de primeiro-ministro nos anos 70 e durante a mudança de século, graças a uma coalizão laica. No final de 2002, o político deixou o poder para o atual chefe de Governo, Recep Tayyip Erdogan, que venceu as eleições pelo partido da Justiça e do Desenvolvimento. Ecevit, o dirigente mais carismático da democracia social turca, renunciou há dois anos o seu cargo de líder do partido, e desde então ocupava a Presidência honorífica do mesmo.

Agencia Estado,

06 Novembro 2006 | 00h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.