Ex-rebelde das Farc chega a Paris com Ingrid

O desertor das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) Wilson Bueno, conhecido como Izaza, chegou ontem a Paris acompanhado de sua mulher, a também ex-guerrilheira Lilia Isabel Bañol, e da ex-refém do grupo Ingrid Betancourt. Em outubro, Bueno deixou a guerrilha após ajudar o congressista Oscar Lizcano a escapar do cativeiro, recebendo como recompensa US$ 434 mil do governo colombiano e direito a refúgio na França.Pouco antes de aterrissar em Paris, Ingrid afirmou que a decisão da França de acolher o ex-rebelde "ajudará outras libertações" de reféns. "O mais importante é que o governo da França e o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, cumpriram sua palavra. Paris o recebeu e Bogotá o deixou partir", declarou a franco-colombiana.O chanceler francês, Bernard Kouchner, reforçou o compromisso do governo do presidente Nicolas Sarkozy com a política de asilo aos desertores das Farc que "estiverem em dia com a Justiça de seu país". Mas Kouchner não especificou o status que o casal terá na França.Uribe prometeu ontem aos guerrilheiros que desertarem com reféns que eles ficarão livres e receberão uma recompensa. No entanto, a Promotoria questionou a viabilidade da promessa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.