Ex-rival de Mugabe, premiê se fere e perde mulher em acidente

Morgan Tsvangirai ficou ferido após seu carro tentar desviar de caminhão em estrada no Zimbábue, diz partido

Reuters e Associated Press,

06 de março de 2009 | 14h05

O primeiro-ministro do Zimbábue, Morgan Tsvangirai, sofreu um acidente de carro nesta sexta-feira,6. Ele ficou ferido, mas não está em condições críticas, segundo porta-vozes do partido. Sua mulher, Susan, no entanto, morreu no acidente.   De acordo com membros do Movimento pela Mudança Democrática, o acidente aconteceu nos arredores de Harare, a capital do país. Segundo o porta-voz James Maridadi, o veículo no qual o premiê viajava saiu da pista ao desviar de um caminhão. Além dele e da esposa, um assessor estava no veículo. "Acabamos de saber que houve um acidente com ele. Estamos investigando ainda", completou Nelson Chamisa, outro membro do Movimento pela Mudança Democrática (MDC, na sigla em inglês) do Zimbábue.   O premiê era casado com Susan há 31 anos, e tiveram seis filhos. Ainda que não tenha se envolvido diretamente no partido, susan apoiou Tsvangirai e participou de comícios de campanha da oposição ao lado do marido nos últimos dez anos.   O Zimbábue passou por um atrasado e conturbado processo eleitoral. no ano passado.  O MDC boicotou o segundo turno da eleição presidencial alegando ameaças de seguidores de Mugabe.  Tsvangirai assumiu em 11 de fevereiro como primeiro-ministro, em um acordo para encerrar um ano de enfrentamentos com o presidente Robert Mugabe. O governo de união teve dificuldades internas desde o começo, algo pouco surpreendente pelos anos de rivalidade entre os dois políticos.   Tsvangirai é um ex-dirigente sindical e Mugabe se mantém no poder desde 1980, ano da independência do Zimbábue do Reino Unido. Um opositor forte, Tsvangirai foi agredido em mais de uma ocasião por sua atuação política. Em uma delas quase foi lançado pela janela do décimo andar de prédio.   O novo governo enfrenta um grande conjunto de problemas: falta de comida e combustível, a maior hiperinflação do mundo e uma epidemia de cólera que atingiu aproximadamente 88 mil pessoas, com cerca de 4 mil mortos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Tudo o que sabemos sobre:
ZimbábueMugabeTsvangirai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.