Ex-sacerdote pedófilo pega prisão perpétua nos EUA

Um ex-sacerdote colombiano que fugiu para a América do Sul e foi extraditado recentemente para os Estados Unidos foi sentenciado nesta sexta-feira à prisão perpétua, por ter atacado sexualmente uma menina de 13 anos, que ajudava na igreja na qual ele exercia seu ministério.Gustavo DeJesús Cuello declarou-se culpado há duas semanas de um ataque sexual com agravantes, mas solicitou um corpo de jurados para a fase de sentença depois que a juíza Cynthia Kent disse que o condenaria a 50 anos de prisão. Alguns fiéis testemunharam a favor de Cuello.Cuello, de 40 anos, foi retirado do sacerdócio depois de sua prisão em 1997 por ter abusado da garota na sacristia da igreja Nossa Senhora de Guadalupe, em Tyler. Ele fugiu do país quando foi libertado sob fiança - paga principalmente pelos fiéis. O ex-sacerdote estava casado e trabalhava no setor privado quando foi capturado, seis anos depois, no Equador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.