Ex-sargento americano é condenado por espionagem

O ex-sargento da Força Aérea dos EUA, Brian Patrick Regan, foi condenado por oferecer informações da inteligência americana ao Iraque e à China. No mesmo julgamento, Regan foi absolvido de tentativa de espionagem para a Líbia. A Corte Distrital dos EUA de Alexandria, Virgínia, deliberou por 24 horas antes de anunciar o veredicto. A sentença ainda não foi determinada. A pena máxima neste caso é a morte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.