Ex-soldado é culpado por matar iraquiana

Um júri federal declarou ontem o ex-soldado americano Steven Dale Green, de 24 anos, culpado por ter estuprado e matado a tiros uma iraquiana de 14 anos e depois executado os pais e a irmã da menina quando servia no Iraque em 2006. Green, que está sendo julgado em um tribunal civil, pode ser condenado à morte. Três soldados cumprem penas em prisões militares por participar dos delitos.

, O Estadao de S.Paulo

08 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.