Ex-terrorista Chacal será novamente julgado na França

O ex-terrorista venezuelano Ilich Ramírez Sánchez, conhecido como Carlos, o Chacal, será submetido a julgamento em Paris em novembro, por sua suposta participação em quatro atentados desfechados na França no começo da década de 1980, disseram hoje promotores franceses.

AE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2011 | 14h24

A promotoria de Paris precisou que o julgamento será feito entre 2 de novembro e 16 de dezembro. Chacal é acusado de quatro atentados que deixaram 11 mortos e uma centena de feridos. Outras três pessoas também serão julgadas.

Chacal cumpre pena de prisão perpétua na França por ter assassinado, em 1975, dois agentes do serviço secreto francês e também um suposto informante. Chacal ficou famoso durante a Guerra Fria, como um cérebro que planejou atentados, matanças e a tomada de reféns. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
terrorismoChacaljulgamentoFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.