Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ex-tesoureiro da OLP desmente acusação a Arafat

O ex-tesoureiro da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Jawad Ghussein, desmentiu nesta segunda-feira ter acusado o líder palestino Yasser Arafat de corrupto como informaram jornais israelenses neste domingo. ?Não acusei o presidente Arafat de corrupção e não dei declarações aos jornais israelenses?, disse Ghussein em Londres. Ele também negou que está refugiado na Grã-Bretanha com a ajuda de Israel, mas sim foi até Londres para fazer alguns exames médicos. ?Todos os rumores que foram publicados ao meu respeito são ilegítimos?, rebateu.O diário israelense Haaretz publicou no domingo uma entrevista com Ghussein na qual ele afirma ter ?descoberto que Arafat se apropriou do dinheiro destinado ao povo palestino, depositando o valor em sua própria conta?. Ghussein foi preso em Abu Dabi em abril de 2001 e entregue à Autoridade Palestina que o acusa ter desfalcado milhões de dólares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.