Exalação de maconha força polícia a abandonar delegacia

As exalações de toneladas de maconha estocada numa delegacia de polícia israelense tornaram-se tão fortes que forçaram os policiais a abandonar o trabalho. A delegacia, em Dimona, no sul do Deserto de Negev, é usada para armazenar toda a maconha confiscada ao longo da fronteira entre Israel e Egito, uma rota de contrabando muito usada. Cerca de três a quatro toneladas da droga foram parar lá nos últimos dois meses.?O cheiro estava excessivo?, disse hoje o porta-voz da polícia, Gil Kleiman. Acabou tornando-se demais para os policiais que trabalhavam vizinhos à sala de armazenagem e eles deixaram seus escritórios.?Toda vez que eu chegava para trabalhar, sentia-me mal, como se estivesse alto?, disse um deles ao jornal israelense Maariv.Na semana que vem, a maconha será destruída, mas prevê-se que a sala estará cheia de novo em um par de meses, admitiu Kleiman.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.