Exame da enfermeira espanhola com Ebola sai negativo

O exame para detectar a presença do vírus do Ebola da enfermeira espanhola que contraiu a doença enquanto tratava de um missionário teve resultado negativo pela primeira vez, disse o governo espanhol. Teresa Romero, de 44 anos, foi o primeiro caso da doença contraída fora do oeste da África e esteve em quarentena desde o início de outubro em um hospital em Madri. Autoridades do governo disseram recentemente que Teresa estava melhorando.

Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2014 | 18h55

A enfermeira será submetida a um novo exame nas próximas horas. Outras 15 pessoas que tiveram contato com Teresa continuam no hospital sendo monitoradas. Essas pessoas não apresentam sintomas da doença, como febre e dores de cabeça, observou o governo.

Teresa faz parte da equipe médica que voluntariamente tratou em setembro de um missionário que contraiu Ebola enquanto trabalhava em um hospital em Serra Leoa. O missionário morreu dois dias depois de voltar para a Espanha. Mais de 4,4 mil pessoas morreram em caso confirmado, suspeito ou provável de Ebola neste mais recente surto da doença, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhaebola@estadaoconteudocom

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.