Exame de DNA confirma morte do líder do Abu Sayyaf

Jadafi Janjalani, líder do grupo terrorista islâmico Abu Sayyaf, está morto, de acordo com o resultado dos testes de DNA, anunciou o chefe das ForçasArmadas das Filipinas, Hermogenes Esperon.Esperon afirmou que as análises feitas nos Estados Unidos confirmam que o corpo desenterrado na ilha de Jolo, cerca de 980 quilômetros ao sul de Manila, é o de Jadafi.O líder supremo do Abu Sayyaf morreu em 4 de setembro de 2006, num combate com o Exército filipino. O desaparecimento de Jadafi cria um vácuo na organização terrorista, vinculada à rede da Al Qaeda. Dos cinco membros dacúpula do grupo na época dos atentados de 11 de setembro de 2001, sóresta um vivo, Isnilon Hapilon.Os EUA passaram a colaborar com a luta contra o terrorismo nas Filipinas naquele ano, participando de manobras militares conjuntas anuas e outros programas. Esta semana foi confirmada a morte de Jainal Antel Sali, maisconhecido como Abu Solaiman, outro membro da cúpula do Abu Sayyaf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.