EFE
EFE

Exames de Evo detectam 'pequeno tumor' que é retirado em cirurgia

Presidente diz que passa bem e receberá alta hoje, mas não revela onde era o tumor

O Estado de S.Paulo

04 Julho 2018 | 23h06

LA PAZ - O presidente boliviano, Evo Morales, revelou nesta quarta-feira que em seus exames de rotina foi detectado um "pequeno tumor", que foi retirado.

"No exame de rotina detectaram um pequeno tumor que já foi operado satisfatoriamente em uma cirurgia de emergência, mas sem risco", afirmou o presidente em sua conta pessoal no Twitter, que não revelou onde era o tumor. 

"Amanhã (quinta-feira) recebo alta. Estou muito bem, 100%!" - acrescentou na rede social, em que também agradeceu pelas demonstrações de solidariedade com "orações e bençãos".

O presidente boliviano já precisou retirar um nódulo benigno na garganta em abril de 2017, em uma operação realizada em Cuba.

+ Morales teve um tumor na face, diz documento 

O ministério da presidência informou nesta terça-feira que Evo, de 58 anos, deu entrada em uma clínica privada da cidade de La Paz para fazer exames médicos de rotina, enquanto o vice-presidente Álvaro García afirmou na manhã de quarta-feira que até agora tudo vai bem. / AFP

Mais conteúdo sobre:
Evo Morales Bolívia [América do Sul]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.