Excedente por conta corrente no Japão cai 7,6% em janeiro

O excedente por conta corrente do Japão caiu 7,6% em janeiro em relação ao mesmo mês do ano anterior, para 719,1 bilhões de ienes (US$ 5,992 bilhões), informou o Ministério de Finanças. Esta é a primeira queda em cinco meses e se atribui ao efeito negativo na balança comercial japonesa da alta dos preços do petróleo, segundo fontes citadas pela agência local Kyodo. O balanço de comércio em bens e serviços registrou um déficit de 385,3 bilhões de ienes (US$ 3,21 bilhões), caindo pela primeira vez desde janeiro de 2005. O valor do comércio de mercadorias no primeiro mês do ano foi de 209,4 bilhões de ienes (US$ 1,745 bilhão), o primeiro déficit desde janeiro de 1983. As exportações de janeiro subiram 13,1%, para 4,7 trilhões de ienes (US$ 39,7 bilhões), com altas destacadas nos envios de navios (38,4%) e automóveis (28,4%). A alta das importações foi maior, 28,1%, para 4,9 trilhões de ienes (US$ 41,443 bilhões), o segundo maior índice até agora e que foi devido às altas do preço do petróleo e a forte demanda interna. As importações de petróleo subiram 67,4% em janeiro, quando o preço d petróleo subiu 46,5%, para US$ 56,27 por barril, marcando 22 meses seguidos de aumento, segundo as fontes.

Agencia Estado,

13 Março 2006 | 05h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.