Executivos da operadora da usina de Fukushima serão investigados

Promotores começaram uma investigação sobre executivos da operadora da usina nuclear de Fukushima, a Tokyo Power Co, e sobre autoridades do governo, após aceitar as denúncias pelo desastre de março de 2011, afirmou a agência de notícias Jiji na quarta-feira.

Reuters

01 de agosto de 2012 | 07h46

Um relatório do mês passado de um painel de especialistas apontado pelo Parlamento concluiu que a crise de radiação, provocada por um terremoto seguido de tsunami, poderia ter sido evitada e que a falha em tomar as precauções adequadas na usina ocorreu por causa de um "conluio" entre a empresa, reguladores e a operadora da usina, conhecida como Tepco.

(Reportagem de Linda Sieg)

Tudo o que sabemos sobre:
JAPAOFUKUSHIMAINVESTIGAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.