Exército afegão assumirá segurança em 2013, diz oficial

O exército do Afeganistão estará apto a assumir a segurança do país no final de 2013, informou nesta quarta-feira um porta-voz do Ministério da Defesa afegão.

AE, Agência Estado

18 de abril de 2012 | 08h51

Segundo o general Mohammad Zahir Azimi, o efetivo do exército já atingiu a meta de 195 mil soldados, que integrarão um grupo de 352 mil homens, incluindo policiais e outras forças de segurança, até o fim do ano. Atualmente, o Afeganistão conta com 330 mil soldados e policiais.

As tropas afegãs deverão assumir uma parte significativa dos combates a grupos insurgentes quando os Estados Unidos retirarem do país outros 23 mil soldados - elevando o total para 68 mil - no final de setembro. No ano passado, os EUA tinham cerca de 100 mil soldados no Afeganistão.

As forças afegãs são hoje responsáveis por áreas onde vive cerca de metade da população, com as tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) assumindo um papel de apoio.

A coalizão de países que atua há uma década no Afeganistão planeja transferir às forças afegãs total responsabilidade pela segurança do país até o fim de 2013. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãosegurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.