Exército ajuda trabalhos de resgate no Japão

Unidades do Exército japonês intensificaram neste domingo os trabalhos de resgate e assistência a milhares de pessoas afetadas pela tempestade que castiga há dias o norte do Japão e que matou até o momento 63 pessoas em 16 províncias.No sábado a noite à noite foram confirmadas as mortes de outras seis pessoas devido a acidentes relacionados com a queda de neve e as baixas temperaturas.O último balanço fornecido pelas autoridades japoneses indica que já são 63 as vítimas mortais e 1.040 os feridos desde que esta onda de frio e neve se abateu em dezembro sobre a parte setentrional do país e as montanhas do maciço central.Esta é a primeira vez desde 1981 que Nagano (sede dos Jogos Olímpicos de Inverno em 1998) precisa da ajuda militar para resolver os problemas de uma tempestade de neve de semelhantes proporções.Outras unidades militares de assistência em desastres estão trabalhando nas cidades de Tokomachi e Tsunan, na província noroeste de Niigata, onde há mais de três metros de neve acumulados em alguns pontos urbanos.Espera-se que a tempestade continue neste domingo, devido à passagem de uma corrente de ar frio de 30 e 40 graus abaixo de zero, mas a partir de segunda-feira o tempo começará a melhorar, segundo o Serviço Meteorológico do Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.