Exército argelino mata cinco membros de grupo salafista

Cinco membros do grupo terrorista Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) morreram no sábado em uma operação do Exército argelino na província de Blida, ao sul de Argel, informa nesta segunda-feira, 9, o jornal El Khabar.Entre os mortos está um líder do grupo, chamado Aksil Menuar, que era considerado o responsável por uma série de assassinatos na região de Bufarik, próxima à capital do país.Durante a operação, o Exército argelino apreendeu um lote de armas, assim como quinze minas, acrescenta o jornal.C

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.