Exército argelino mata três terroristas e captura três

Segundo jornal argelino, um dos terroristas capturados é um "emir" ou líder da organização

Efe,

30 de agosto de 2007 | 04h39

O Exército da Argélia matou três supostos terroristas e capturou outros três numa operação de rastreamento nas últimas 48 horas na Cabília, no leste do país, afirma nesta quinta-feira, 30, o jornal argelino L'Expresion. A operação se concentrou no maciço de Amjudh. No local, o Exército havia detectado vários comandos do grupo terrorista Al-Qaeda no Magrebe Islâmico, ex-Grupo Salafista. O jornal argelino diz que um dos terroristas capturados é um "emir" ou líder da organização, mas não revela a sua identidade. As operações militares na Cabília há dois dias enfrentam uma dificuldade extra: os incêndios causados pelas altas temperaturas na região, exigindo a intervenção de bombeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.