Exército chinês faz apresentação à imprensa em Pequim

Iniciativa pouco comum busca demonstrar poder militar e transparência do maior Exército do mundo

Reuters,

28 de julho de 2009 | 10h47

 

PEQUIM - Soldados chineses derrubaram alvos, dominaram terroristas vestidos de negro e demonstraram habilidades de luta durante uma rara visita da mídia a uma base militar de Pequim neste terça-feira, 28, destinada a mostrar a modernidade e abertura dos militares.

 

 

 

O novo mantra no Exército da Libertação Nacional, de transparência e diplomacia pública, é destinado a reafirmar a crescente força militar do país. O exército chinês é o maior do mundo e seu orçamento cresceu à razão de dois dígitos nos últimos anos.

 

  

 

A China depende fundamentalmente de adaptações próprias da tecnologia militar russa, pois os Estados Unidos e a Europa não vendem equipamentos militares modernos ao país desde o massacre de manifestantes pró-democracia na praça da Paz Celestial, em junho de 1989.

Tudo o que sabemos sobre:
exércitoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.