Exército colombiano monta árvores de Natal para guerrilheiros

Árvores fazem parte de uma campanha pela desmobilização dos grupos armados no país.

BBC Brasil, BBC

18 de dezembro de 2010 | 20h45

Árvores de Natal serão instaladas em dez zonas de conflito no país

O exército colombiano decidiu instalar dez grandes árvores de Natal iluminadas em zonas de conflito com as guerrilhas locais na selva e das montanhas do país.

As árvores fazem parte de uma campanha para a desmobilização dos grupos armados, cujo slogan é "Desmobilizem-se. No Natal, tudo é possível".

A primeira delas foi instalada no departamento (Estado) de Meta, centro do país.

A árvore de 25 metros de altura foi montada na região do parque natural La Macarena, onde o chefe militar mais importante das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Mono Jojoy, foi assassinado em setembro.

O Ministério de Defesa disse na última quinta-feira que a operação que instalou a árvore em Meta durou quatro dias.

Segundo o Ministério, quatro helicópteros Black Hawk foram usados, assim como um sistema de 2 mil luzes de Natal especiais que se acendem ao detectar o movimento de pessoas.

Os nomes dos outros nove lugares onde as árvores serão instaladas ainda não foram revelados.

De acordo com o governo colombiano, 2.411 guerrilheiros deixaram os grupos armados no país em 2010, a maioria filiados às Farc.

Eles recebem subsídios temporários e tem acesso a programas de formação.

Estima-se que as guerrilhas colombianas tenham atualmente pouco mais de 8 mil homens e mulheres armados.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.