Exército das Filipinas mata três guerrilheiros comunistas

Três rebeldes do Novo Exército do Povo (NEP) morreram num confronto com o Exército filipino em Camarines do Sul, 250 quilômetros ao leste da capital, segundo informou nesta quarta-feira uma fonte policial.Enquanto patrulhava a região da aldeia de Buhi, as tropas governamentais surpreenderam um grupo de membros do NEP fortemente armado. Na troca de tiros morreram três rebeldes, entre eles Bonito Pena, um dos líderes da guerrilha na região, segundo o diretor da Polícia local, Ricardo Padilla.O NEP, braço armado do ilegal Partido Comunista das Filipinas, conta com cerca de 7 mil combatentes e há mais de três décadas enfrenta o Governo de Manila.A presidente filipina, Gloria Macapagal Arroyo, anunciou no ano passado uma nova ofensiva militar e policial para acabar com a rebelião comunista até 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.