Exército de Israel deixa Hebron

O Exército de Israel retirou seus tanques e soldados da cidade de Hebron, na Cisjordânia, nas primeiras horas desta segunda-feira. Testemunhas disseram que os veículos e soldados israelenses deixaram a cidade sem que houvesse confronto com atiradores palestinos. O Exército israelense invadiu as colinas de Hebron há duas semanas, alegando que os palestinos usavam o local para abrir fogo contra colonos judeus. Israel também se prepara para remover os bloqueios da Cisjordânia e de Gaza e reabrir suas fronteiras para os palestinos que estão no Egito e na Jordânia, disseram oficiais palestinos e israelenses. "O princípio é que sempre que houver tranqüilidade e a calma continuar, retiraremos as restrições", disse no domingo Raanan Gissin, porta-voz do primeiro-ministro Ariel Sharon. "Se os tiroteios recomeçarem, voltaremos imediatamente." Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.