Exército de Israel desmente seqüestro de outro soldado

O Exército israelense desmentiu o anúncio das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, milícia vinculada ao Fatah, de um novo caso de seqüestro de um soldado. Fontes militares garantiram que nenhum soldado israelense está desaparecido, além de Guilad Shalit, em poder das milícias palestinas desde domingo.Sexta-feira, o Exército israelense informou a abertura de uma investigação para verificar um comunicado das Brigadas sobre o seqüestro de um segundo soldado. Além de Shalit, foi seqüestrado na Cisjordânia, também no domingo, um jovem de 18 anos, cujo corpo apareceu dois dias depois nas proximidades da cidade de Ramallah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.