Exército de Israel dispara contra membros do Hezbollah

Revelando a fragilidade do cessar fogo da semana passada, o Exército de Israel atirou contra um grupo de guerrilheiros do Hezbollah, nesta segunda-feira, 21. Segundo fontes militares israelenses, os soldados abriram fogo depois de os guerrilheiros terem "atitudes ameaçadoras". Ao menos dois componentes da guerrilha foram atingidos.Oficiais do Hezbollah e membros do governo libanês não tinham informações sobre o confronto, que ocorreu ao sul de Shama, no sudoeste do Líbano.Mesmo com o cessar-fogo, que pôs fim a 34 dias de conflitos armados, Israel mantém tropas ao sul do país, até que as forças libanesas e membros da força internacional de paz ocupem a região.Segundo o Exército israelense, os soldados detectaram os milicianos muito antes do ocorrido, mas não agiram contra até se aproximarem armados. A ação teria sido de "auto-defesa". A resolução 1701, da ONU, que fixa as condições do cessar-fogo, permite às tropas israelenses atuar em defesa própria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.