Exército de Israel mata dois policiais palestinos

O Exército israelense matou nesta sexta-feira quatro homens armados, e dois eram membros do serviço de segurança palestino, em dois incidentes na Cisjordânia, informou um porta-voz militar.No primeiro incidente, na localidade de Beitunyia, a oeste de Ramallah, tropas israelenses "atuavam dentro de um edifício e encontraram um homem armado vestido à paisana", segundo um porta-voz."O homem não obedeceu quando os soldados disseram a ele que largasse as armas e então eles atiraram", acrescentou.Pouco depois, tropas israelenses no mesmo edifício viram chegar um grupo de homens armados, também com roupas civis, e atiraram, matando um deles.Os homens armados palestinos eram membros dos serviços de Segurança Preventiva, ligada ao movimento nacionalista Fatah, do presidente Mahmoud Abbas.Em Ramallah, uma patrulha israelense foi atacada por palestinos que estavam dentro de um carro e atiraram, ferindo levemente um dos soldados. Os militares responderam ao ataque e mataram dois dos atacantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.