Exército de Israel põe abaixo casas de palestinos

Soldados israelenses demoliram duas casas de supostos militantes palestinos nesta quarta-feira de manhã num vilarejo perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia, de acordo com informações de testemunhas e do Exército.Os soldados se dirigiram para o vilarejo nas primeiras horas da manhã, impondo um cessar-fogo, disseram residentes locais. As famílias de Naher Bisher e Bilal Abbas - supostos membros do grupo militante Hamas - receberam ordens de deixar suas casas, afirmaram os moradores.Os residentes das casas não tiveram condições de pegar a maioria de seus pertences antes que os soldados colocassem explosivos na estrutura das casas e os detonassem, disseram as testemunhas. Várias casas na região sofreram danos, algumas delas seriamente, quando as explosões lançaram pelos ares partes de paredes.O Exército confirmou a destruição das casas, dizendo que Abbas e Bisher haviam perpetrado em agosto um atentado contra um carro israelense que viajava perto de Salfit, no qual um casal israelense foi morto e dois de seus filhos ficaram feridos. "A demolição de casas de terroristas é parte importante dos passos que estão sendo dados na luta contra o terror dos palestinos", afirmou o Exército numa declaração.Os palestinos condenam as demolições, argumentando que elas punem sem necessidade as famílias dos suspeitos de serem militantes, tendo em vista que os parentes não tomaram parte nos ataques contra os israelenses. O Exército destruiu mais de 30 casas de palestinos desde que retomou esta prática, no último mês de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.