Mohamad Torokman/Reuters
Mohamad Torokman/Reuters

Exército de Israel prende 28 palestinos em Ramallah

Segundo o Hamas, dois parlamentares do grupo, que vivem na Cisjordânia, estão entre os detidos

estadão.com.br,

23 de novembro de 2012 | 12h42

RAMALLAH - O Exército israelense prendeu 28 palestinos na Ramallah, na Cisjordânia, nesta sexta-feira, 23. Entre os presos estão dois parlamentares do Hamas, segundo o grupo, que controla a Faixa de Gaza.

 

Segundo um comunicado do grupo, os deputados fazem parte do Conselho Legislativo da Autoridade Palestina em Ramallah. Um deles é Mahmud A Ramhi, secretário-geral do Parlamento, que vive em El Bire, cidade próxima a Ramallah, de acordo com fontes citadas pelo jornal israelense Yedioth

Aharonot.

 

'Frustração'

 

Segundo o jornal A Rissala, publicado pelo Hamas em Gaza, porta-vozes do grupo disseram que a prisão dos palestinos em Ramallah se devem à "frustração de Israel em consequência da vitória da resistência", em alusão ao cessar-fogo que colocou fim à ofensiva Pilar de Defesa, do Exército israelense.

 

Com Efe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.