AFP PHOTO / Mohamad ABAZEED
AFP PHOTO / Mohamad ABAZEED

Exército de Israel resgata centenas de voluntários na Síria

Militares socorreram cerca de 800 'Capacetes Brancos', membros de ONG de resgate de vítimas de conflitos armados; grupo foi levado para Jordânia e será transferido para países ocidentais nos próximos meses

O Estado de S.Paulo

22 Julho 2018 | 04h22

JERUSALÉM - Forças militares israelenses resgataram cerca de 800 voluntários da Defesa Civil Síria, ONG de resgate de vítimas de conflitos armados popularmente conhecida como "Capacetes Brancos", das Colinas de Golã, território ocupado por Israel no sudoeste sírio. O grupo foi levado para a Jordânia, onde ficará até ser encaminhado para países ocidentais. É a primeira ação de Israel na região desde o início da guerra civil síria.

De acordo com o exército israelense, o resgate é um "gesto humanitário excepcional" e foi realizado a pedidos da Organização das Nações Unidas e aliados europeus devido ao "iminente risco às vidas sírias". As Colinas de Golã foram alvo de uma ofensiva do governo de Bashar Al-Assad para tentar recuperar o controle de áreas controladas por rebeldes no sul da Síria. As tropas de Israel socorreram os Capacetes Brancos e seus familiares no início da noite e o grupo foi levado para a Jordânia.

Em pronunciamento, um porta-voz do ministério de Relações Exteriores jordano confirmou que atendeu pedido do Reino Unido, Alemanha e Canadá para garantir asilo temporário aos Capacetes Brancos. Os voluntários sírios serão transferidos às três nações ocidentais nos próximos meses. //ASSOCIATED PRESS, REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Israel [Ásia] Síria [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.