Exército de Israel vai demolir dezenas de imóveis na Cisjordânia

O ministro da Defesa de Israel, Amir Peretz, mandou o Exército destruir cerca de 90 imóveis construídos de forma ilegal na Cisjordânia, a maioria por colonos judeus e alguns por palestinos. Peretz, segundo informa nesta terça-feira o jornal "Ha´aretz", rejeitou as recomendações de altos comandantes de congelar as demolições emvárias semanas porque a situação na Cisjordânia, tanto do lado judeu quanto do palestino, é muito volátil. O ministro considerou que depois da guerra no Líbano o Exército deve retomar suas atividades de rotina e manter a luta contra a construção ilegal nos assentamentos. As construções ilegais nas colônias são geralmente casas pré-fabricadas móveis instaladas pelos colonos judeus em diversasáreas da Cisjordânia. Mas também há algumas estruturas fixas. Segundo o jornal, entre as 90 casas a serem demolidas algumas estão em aldeias palestinas sob o controle de Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.