Exército de Taiwan resgata cerca de 300 vítimas de tufão

O Exército de Taiwan resgatou hoje cerca de 300 pessoas soterradas em um deslizamento provocado pelo tufão Morakot. Mesmo assim, dezenas de vítimas continuam desaparecidas. Durante as operações de resgate, um helicóptero bateu em uma montanha. O aparelho levava três pessoas a bordo. Chen Chung-hsien, um encarregado das operações de resgate, disse desconhecer se as pessoas a bordo do helicóptero sobreviveram à colisão, ocorrida no condado de Pingtung.

AE-AP, Agencia Estado

11 de agosto de 2009 | 11h15

O Morakot provocou as piores enchentes em 50 anos em Taiwan, causando precipitações de 200 milímetros num intervalo de poucas horas. De acordo com os números oficiais, o tufão deixou 50 mortos e 58 desaparecidos no arquipélago. Depois de castigar Taiwan, o Morakot rumou para a China continental, onde 1,4 milhão de pessoas foram retiradas de áreas costeiras. As fortes chuvas provocaram um imenso deslizamento de terra no qual sete prédios de três andares no sopé de uma montanha em Pengxi foram arrastados pela enxurrada, informou a agência de notícias Xinhua. Pelo menos duas pessoas morreram.

Tudo o que sabemos sobre:
TaiwantufãoMorakotExércitoresgate

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.