Exército diz ter matado líder de frente das Farc

Forças colombianas mataram ontem o comandante da frente 25 das Farc, Englio Gaona Ospina, conhecido como "Bertil", afirmou o ministro da Defesa Juan Manuel Santos. Ospina, que integrava a guerrilha havia 26 anos, servia de "conexão" entre os grupos guerrilheiros que atuam no leste da Colômbia e o comando central das Farc, declarou o ministro. Uma força militar conjunta, porém, teria matado o líder após entrar em combate com guerrilheiros no sudoeste do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.