Exército do México encontra corpos de 72 pessoas

Segundo as autoridades, podem ser vítimas de grupo criminoso que atua no nordeste do país

Efe

25 de agosto de 2010 | 04h41

CIDADE DO MÉXICO - Membros das Forças Armadas do México encontraram os corpos de 72 pessoas, 58 homens e 14 mulheres, em um rancho do estado de Tamaulipas, nordeste do país, vítimas de um grupo criminoso, informou uma fonte oficial.

 

Veja também:

documento Saiba mais sobre a violência no México

 

Os corpos foram encontrados na tarde de terça-feira, e as autoridades acreditam que as vítimas foram mortas recentemente.

A Secretaria da Marinha informou em comunicado que os corpos foram encontrados depois que soldados mantiveram confronto com uma organização criminosa na comunidade de San Fernando, onde morreram um militar e três membros do grupo.

Após o conflito, os militares encontraram o rancho, onde estavam os 72 corpos, segundo uma fonte oficial.

A fonte afirmou que as autoridades acreditam que o grupo criminoso que enfrentou os militares assassinou estas pessoas. Não foram dados detalhes sobre a forma com que as vítimas foram mortas.

A operação militar começou segunda-feira, e apenas um menor de idade foi detido. Além disso, foram confiscadas 21 armas longas, 101 munições para armas de fogo de diferentes calibres, quatro coletes à prova de balas, uniformes camuflados, um capacete, quatro caminhonetes, "entre as quais se destaca uma que parece ser

Tudo o que sabemos sobre:
México, corpos, pessoas, autoridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.