Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Exército do Nepal diz ter matado 32 rebeldes maoístas

O exército matou pelo menos 32 rebeldes maoístas e evitou um ataque a uma pequena pista de aterrissagem nas motanhas do Nepal, informou o ministério da Defesa nepalês. Dois soldados também morreram no ataque na noite de domingo em Rumjatar, localidade quase 200 km a leste de Katmandu, a capital nepalesa, segundo um comunicado do ministério.Ainda não se obteve informações independentes sobre as afirmações da Defesa. Os rebeldes, que operam a partir de seus esconderijos nas selvas, quase nunca mencionam baixas. O exército enviou reforços à região em helicópteros, assegurando o controle da área nesta segunda-feira, afirma o comunicado. Mais de 5.000 pessoas morreram em seis anos de insurgência maoísta, a metade delas desde que o rei Gyanendra impôs o estado de emergência em novembro passado e ordenou que o exército ajudasse a polícia no combate aos rebeldes. O estado de emergência foi suspenso em agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.