Exército do Paquistão diz ter matado 40 milicianos

O exército paquistanês destruiu vários "esconderijos de terroristas" e matou 40 milicianos esta semana, na região de Waziristán do Sul. Ainda não há pistas sobre Osama bin Laden ou sobre o ex-prisioneiro da base naval de Guantánamo acusado de atacar as forças de segurança.O Paquistão é aliado dos EUA na chamada guerra contra o terrorismo e os funcionários locais dizem que centenas de milicianos do centro da Ásia, do Afeganistão e de países árabes se escondem em Waziristán do Sul - um dos possíveis esconderijos de Osama bin Laden e Ayman al-Zawahri.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.