Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Exército dos EUA confirma 7 mortes em queda de helicóptero

Todas as sete pessoas à bordo do helicóptero americano Sea Knight que caiu no Iraque nesta quarta-feira morreram no acidente, segundo o exército dos Estados Unidos. Os EUA não confirmam que o helicóptero foi abatido, mas a Al-Qaeda assume a autoria de um provavél atentado. Essa é a quinta aeronave perdida nas últimas duas semanas.Segundo um integrante da força aérea iraquiana, o helicóptero foi derrubado por um míssil anti-áereo.Insurgentes sunitas ligados á Al-Qaeda assumiram a responsabilidade pelos ataques em um anúncio divulgado pela internet. Segundo a Associated Press, a autenticidade da confirmação, postada em um fórum onde a facção freqüentemente faz pronunciamentos, não pode ser confirmada.Testemunhas também disseram que o helicóptero foi atingido e derrubado. "O helicóptero estava voando e passando sobre nós, então ouvimos o disparo de um míssil", disse Mohammad al-Janabi, um fazendeiro que estava a menos de 1 km do acidente. "O helicóptero, então, virou uma bola de fogo. Voou em círculo duas vezes, e foi pro chão".Contradizendo as alegações, um militar americano de alta patente, que falou em condição de anonimato porque a investigação ainda está transcorrendo, disse que o acidente aparentemente foi causado por problemas mecânicos. O rotor duplo CH-46 foi ao chão a aproximadamente 30 km a noroeste da capital, na região de Al Karma, de acordo com o porta-voz do exército americano, major-general William Caldwell. "Uma rápida força de reação está a caminho e a investigação prossegue enquanto nós conversamos", disse aos repórteres em Bagdá.Caldwell esboçou explicações durante a entrevista coletiva que cedeu na altamente fortificada Zona Verde em Bagdá, ao lado do comandante geral do Time de Assistência de Coalizão da Polícia".Os militares americanos cogitam mudar suas estratégias devido ao grande número de helicópteros perdidos em pouco tempo. Quatro desde 20 de janeiro. Com as quatro aeronaves anteriores terem sido destruídas nos últimos dias, foi a primeira vez que o governo americano assumiu publicamente que poderiam ter sido abatidas.Mais de 50 helicópteros dos EUA fora derrubados no Iraque desde a invasão, em 2003. A metade deles por disparos inimigos.Bush está aumentando o número de soldados americanos no Iraque enviando 21,5 mil, entre eles 17,5 mil para Bagdá, como parte dos reforços.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.