Exército dos EUA confirma morte de mais 3 soldados no Iraque

O Exército dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira, 3, que três de seus soldados morreram nesta segunda-feira no Iraque, subindo para dez o número de militares americanos mortos no país nas últimas 48 horas.Segundo um comunicado do comando militar, um dos soldados perdeu a vida em um atentado com um caminhão-bomba perpetrado ontem em Kirkuk, a 250 quilômetros ao norte de Bagdá, que causou no total 12 mortos e 192 feridos.Outro dos uniformizados morreu na explosão de uma bomba sob o veículo no qual viajava, na entrada de Faluja, a 50 quilômetros ao oeste de Bagdá.O terceiro soldado pereceu enquanto participava de uma operação de combate na província de Al-Anbar, um dos lugares onde os insurgentes resistem com mais intensidade às forças iraquianas e americanas.Na segunda-feira, o Exército americano tinha informado a morte de sete militares, seis deles em operações de combate, em vários lugares do país.Ofensiva de tropas iraquianasAs tropas iraquianas mataram, ainda nesta terça-feira, quatro supostos insurgentes e detiveram outros 21 em várias operações promovidas em Tal Afar, a 470 quilômetros ao norte de Bagdá, segundo a polícia.As ofensivas foram lançadas depois que as tropas iraquianas receberam informações sobre uma reunião de ativistas relacionadas com a Al-Qaeda no povoado de Mir Qasim, perto de Tal Afar.Entre os detidos nestas ações figuram dois supostos líderes da Al-Qaeda responsáveis por incitar a violência sectária na cidade, segundo Ibrahim Hassan, diretor da polícia de Tal Afar.A cidade foi testemunha na semana passada de um duplo atentado suicida que deixou pelo menos 150 mortos na explosão de dois carros-bomba em bairros xiitas.Após o atentado, outras 47 pessoas perderam a vida em represálias supostamente perpetradas com a participação de agentes da polícia.Por outro lado, pelo menos dois civis iraquianos morreram na explosão de uma bomba na região de Saidiya, ao sudoeste de Bagdá.As vítimas eram estudantes de farmácia que viajavam juntos em um veículo quando aconteceu a explosão.Em Tikrit, um alto funcionário da polícia iraquiana ficou ferido nesta terça-feira após uma tentativa de assassinato no qual morreu um de seus guarda-costas, além de outro ter ficado ferido, cerca de 180 quilômetros ao norte de Bagdá.Fontes policiais da localidade, centro da província de Salah ad-Din explicaram que o comboio do oficial, identificado como Jassim Mohammed, foi atacado enquanto viajava, no leste da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.